Abralog é destaque em reportagem da revista Valor Setorial Logística

A edição de março da Revista Valor Setorial, dedicada à logística, traz a Abralog em destaque nas quatro páginas do texto de abertura, assinado pelo repórter Luiz Maciel, cujo título é “Regras mais claras para o investidor”, referindo-se a uma frase do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, um dos entrevistados (foto ao lado).

O presidente da Abralog, Pedro Francisco Moreira, (foto abaixo) também entrevistado, abordou, entre outros temas, o e-commerce, lembrando que ele poderia avançar ainda mais sem as barreiras tributárias que impedem a implantação de pontos de coleta e de retirada dos produtos vendidos pela internet. “Não tem cabimento cobrar ICMS de mercadorias que vão para esses “pick-up points, que agilizariam a entrega para os consumidores”, afirmou.

Uma solução para esse entrave, segundo disse Moreira ao Valor, seria a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 148, de autoria do deputado federal Enrico Massa (PV SP), que regulamenta a não-incidência do ICMS nesses pontos de coleta. O projeto já passou pelas principais comissões, mas ainda não tem data para ser votado.

Segundo a publicação, a burocracia na documentação dos caminhoneiros está mais perto de ser resolvida, na visão do presidente da Abralog: “O projeto-piloto do DT-e, o Documento Eletrônico de Transporte, está rodando há um ano no Espírito Santo e vai substituir os 20 documentos exigidos atualmente, eliminando as longas filas na fiscalização. O Brasil tem a “estranha” tradição de fazer a regulação correr sempre atrás do mercado”, ironiza.

Moreira também lembrou, na entrevista de abertura da revista, “o reaquecimento “ do mercado de galpões logísticos, onde a vacância, que era de 20%, em 2018, caiu para 17% no último trimestre de 2019 e deve fechar 2020 ao redor de 15% de vacância.



Deixe uma resposta