Ecorodovias e GLP vencem leilão da BR-153 Tocantins-Goiás

A Ecorodovias, por meio do consórcio Eco 153, do qual também fez parte nossa associada GLP, venceu nesta quinta-feira, 29/4/2021, o leilão da BR-153/080/414/TO/GO, que liga Anápolis, em Goiás, a Aliança do Tocantins, no Tocantins.

A companhia levou a concessão com lance de R$ 320 milhões em outorga depois de empatar na oferta de tarifa para trechos homogêneo de pista simples com a CCR. Ambas ofereceram R$ 0,10218 por quilômetro.

Segundo o Ministério da Infraestrutura, esse valor de outorga é 1/4 do montante que que será aplicado. Ao todo, será R$ 1,280 bilhão dos quais R$ 960 milhões irá para uma conta vinculada, cujos recursos serão usados em obras ou descontos na concessão.

O certame foi realizado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) no prédio da B3, sede da Bolsa de Valores de São Paulo. Ao todo, são previstos R$ 14 bilhões em melhorias ao longo dos 850,7 quilômetros de extensão da via. O contrato é de 35 anos, prorrogáveis por mais 5.

De acordo com a pasta, o programa de exploração da rodovia prevê a duplicação obrigatória de 623,3 quilômetros, sendo 349,2 quilômetros do 3º ao 10º ano, e outros 274,1 quilômetros do 19º ao 25º ano de concessão.

A concessionária também provindenciará a construção de faixas adicionais, vias marginais, passarelas de pedestres, iluminação nas travessias urbanas e nas vias marginais, dentre outras melhorias. Haverá ainda atendimento 24 horas ao usuário da via.

A BR-153/080/414/TO/GO é a principal ligação de Tocantins, Maranhão, Pará e Amapá com o Centro-Sul do país. O leilão foi o 1º de rodovias em 2021. Neste mês, o governo federal retomou a agenda de certames afetada pela pandemia com a “Infra Week” na qual concedeu à iniciativa privada a gestão de 22 aeroportos, do 1º trecho da Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste) e 5 terminais portuários.

Poder 360º/Ludmylla Rocha Foto: Agência CNT / Foto: Divulgação Ministério da Infraestrutura



Deixe uma resposta