Fique em casa, esse é o caminho mais seguro para ficar livre do coronavírus

A pandemia do novo coronavírus já provocou 553 mortes no Brasil, e 12.056 casos confirmados. Segundo o Ministério da Saúde, se cuidados básicos para conter o vírus não forem tomados, o número de infectados pode dobrar em apenas três dias. Como ocorreu na Itália, o grande avanço da doença tem potencial de gerar um colapso no sistema de saúde, prejudicando o atendimento e colocando em risco a vida de pacientes com outros problemas —que sofreram acidentes de trânsito a infartos, por exemplo.

No entanto, especialistas dizem que não há motivo para pânico, pois o vírus tem baixa letalidade (cerca de 3,4%) e grau de contágio moderado. O momento é de aumentar os cuidados com a prevenção. Isso vale para todos… Não é porque você está fora dos grupos de risco (idosos, pessoas com diabetes e problemas cardiovasculares, por exemplo) que não deve ficar atento. Ao se proteger, você evita que o problema avance e protege todos ao seu redor.

Se puder, fique em casa. Nada de missa, shopping, jogo de futebol: por que evitar aglomerações.



Deixe uma resposta