Jungheinrich reduz em mais 20% emissões médias de poluentes

As emissões médias de CO2 das empilhadeiras industriais da companhia foram reduzidas em mais 20% entre 2010 e 2020. Estes são os novos padrões de referência estabelecidos pela Jungheinrich. No mesmo sentido, a empresa alemã compromete-se oficialmente com a Science Based Targets (SBTi) a ajudar a limitar o aquecimento global a 1,5 graus Celsius.

De acordo com os cientistas do clima, somente se o aumento da temperatura global causado pelo efeito estufa puder ser limitado a 1,5 graus Celsius é possível garantir que as consequências drásticas e os riscos das mudanças climáticas sejam significativamente reduzidos. O SBTi, cujos parceiros fundadores incluem o World Wide Fund For Nature (WWF) e o Carbon Disclosure Project (CDP), apoia empresas em todo o mundo no cálculo de suas próprias metas de redução de CO2 baseadas na ciência, vinculadas à meta climática de 1,5 grau.

Para que a Jungheinrich contribua com sua parcela para esse objetivo, as emissões de CO2 da empresa devem ser reduzidas ainda mais. Energias verdes, como solar e eólica, são alavancas relevantes nesse sentido. Por isso, a compra constante de eletricidade verde é um aspecto importante para um futuro mais sustentável, por exemplo, por meio de cooperação de longo prazo ou contratos com produtores de energia renovável.

Outra meta é reduzir as emissões na área de atendimento ao cliente. Uma prestação de neutra para o clima já está sendo testada na Noruega. Se este projeto-piloto for bem-sucedido, a implementação em outros será totalmente viável. Além disso, as emissões de CO2 que não podem ser evitadas são compensadas com projetos selecionados que priorizam a qualidade do serviço de compensação.

Novo padrão de redução de emissões nas operações
A redução média de emissões em mais 20% entre 2010 e 2020 é uma grande conquista da Jungheinrich. Esse percentual tem como base o ciclo de vida das empilhadeiras e descreve a análise sistemática do impacto ambiental de um produto específico ao longo de todo o seu uso. Como parte dessa análise, as fases de fabricação, de uso e de recondicionamento das empilhadeiras Jungheinrich são documentadas e avaliadas.

A Jungheinrich foi a primeira empresa do setor a usar esse método para obter uma redução média nas emissões de CO2 de 24% entre os anos de 2000 e 2010. Além disso, em 2011, a empresa foi o primeiro fabricante de empilhadeiras industriais a ser certificada pela TÜV Nord para sua avaliação do ciclo de vida do produto. Há mais de 140 anos, o grupo TÜV NORD presta serviços na área de certificação, de auditoria, de inspeção, de treinamentos e de assessoria técnica.

A partir disso, a meta foi traçada para reduzir ainda mais as emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa de todos os processos e produtos nos 10 anos seguintes, resultando nesse novo patamar ao fechar o ciclo de 2020. Todas as reduções de emissões ajudam a tornar as atividades econômicas e as cadeias de suprimentos mais sustentáveis.

Estratégia 2025+
Para apoiar ainda mais a otimização dos produtos e dos processos, a avaliação do ciclo de vida do produto continuará sendo uma ferramenta importante da Jungheinrich. Por isso, desde o início do ano, a empresa vem trabalhando em um projeto ainda mais detalhado da avaliação desse ciclo de vida. Para isso, cada máquina tem de ser avaliada individualmente.

Outras categorias de impacto, como consumo de água ou biodiversidade, serão levadas em consideração na análise. A revisão está sendo feita em estreita cooperação com os clientes, a fim de atender às suas necessidades e poder oferecer informações ainda mais específicas sobre os respectivos produtos no futuro.

Tanto essa estratégia quanto o compromisso firmado com a SBTi fazem parte da estratégia 2025+ do Grupo, que é dividida em 12 subestratégias, que, por sua vez, são implementadas em cerca de 100 iniciativas específicas dentro da empresa. Todas as divisões do Grupo Jungheinrich estão envolvidas na implementação com funções e responsabilidades claramente definidas. Elas abrangem a questão da sustentabilidade em suas dimensões econômica, ecológica e social. A estratégia deve ser estendida dinamicamente além de 2025.

“50 Sustainability & Climate Leaders”
A Jungheinrich também aderiu à campanha internacional “50 Sustainability & Climate Leaders”, uma iniciativa de grupos de diferentes setores que estão desempenhando um papel de liderança na proteção do clima e na realização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

Alinhada à campanha, desde o início de 2021, todas as unidades da companhia na Alemanha, incluindo as seis unidades de produção no país, estão operando exclusivamente com energia verde.

A transição das filiais e das fábricas em outros países também já estão em andamento. Na estratégia do Grupo apresentada em novembro de 2020, o tema da sustentabilidade está no centro das atividades empresariais e mantém metas ambiciosas. Alcançar a neutralidade climática é um desses objetivos.

A Jungheinrich – A Jungheinrich é uma das líderes globais em soluções e gestão de armazenagem e fluxo de materiais. A empresa é uma das mais inovadoras, oferecendo a seus clientes consultoria e soluções de intralogística com um abrangente portfólio de empilhadeiras e sistemas automatizados de armazenagem. A Jungheinrich é uma empresa de capital aberto, e tem suas ações negociadas na bolsa alemã. Com sede em Hamburgo, a Jungheinrich é representada mundialmente em 40 países, e emprega mais de 18.000 pessoas em todo o mundo.



Deixe uma resposta