Brasil e EUA formalizam cooperação em infraestrutura de transportes

 O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e a secretária de Transportes dos Estados Unidos, Elaine Chao, assinaram, em Washington, um Memorando de Cooperação que fortalecerá a colaboração em estratégias de investimento e inovação entre os dois países. O memorando permitirá às duas nações trocarem informações e melhores práticas sobre temas como veículos autônomos, sistemas de transporte inteligentes, sistemas de aeronaves não-tripuladas e o uso de parcerias público-privadas para apoiar o desenvolvimento de infraestrutura.

A assinatura do documento, juntamente com o Acordo de Céus Abertos entre EUA e Brasil e o Acordo Bilateral de Segurança da Aviação, demonstra a relação abrangente na área de transportes entre os dois países. O memorando prevê o intercâmbio de informações científicas, especialistas, estudantes, além da realização de pesquisas conjuntas.

Para o ministro, é importante buscar inspiração em países como os Estados Unidos, que, em sua avaliação, tem excelência no que diz respeito à provisão da infraestrutura. “Atualmente discutimos no Congresso Brasileiro uma modificação no marco legal ferroviário para aproximar nosso modelo de exploração de ferrovias ao modelo americano. Há muito o que se espelhar, por exemplo, no próprio modelo de regulação ou de auto-regulação do setor nos Estados Unidos. Esse memorando para nós tem uma importância singular. É a nossa oportunidade de trocar experiências, de compartilhar conhecimento, de viabilizar visitar técnicas, de sobretudo, aprender”, destacou Freitas.

Em abril, o Ministério da Infraestrutura já havia estabelecido com o Departamento do Tesouro dos EUA um Termo de Referência (TOR) para fortalecer a relação de trabalho entre os dois países, no âmbito da cooperação no desenvolvimento e investimento em infraestrutura. “O Departamento está comprometido em fortalecer nosso duradouro relacionamento de cooperação com o Brasil, aproveitando dados e melhores práticas para construir sistemas de transporte mais seguros e inteligentes”, disse a secretária Chao.

“Brasil e Estados Unidos têm uma relação histórica e um comércio bilateral bastante considerável. O crescimento desse comércio depende de infraestrutura adequada e de sistemas intermodais eficientes. O Brasil está se preparando para o futuro do transporte e queremos a parceria dos EUA para continuar desenvolvendo o setor”, disse o ministro Freitas. Fonte: Ministério da Infraestrutura

.

 

 



Deixe uma resposta