Para ser 1º, agronegócio necessita de logística, tecnologia e infraestrutura

Logística e tecnologia são fundamentais para o agronegócio, e estão no centro das ações do segmento, disseram executivos convidados para webinar que discutiu o assunto. Realização da Intermodal South America, o encontro ocorreu na quinta, 20.5.2021, com conteúdo organizado pela Associação Brasileira de Logística, Abralog, cujo Presidente, Pedro Moreira, mediou os debates.

Na opinião de Moreira, o agronegócio, com quase 27% de participação no PIB Brasileiro, para chegar ao primeiro lugar entre os fornecedores mundiais de alimentos precisa calibrar e desenvolver, o que chamou de “três logísticas”; “de Suprimento, Apoio à produção agropecuária, e a logística de distribuição”.

Palestrantes – Os participante foram João Pais de Almeida, Diretor-Sênior de Supply Chain da Cargill para a América Latina; Thiago Guilherme Péra, coordenador técnico do Grupo de Pesquisa e Extensão em Logistica Agro-industrial, o Esalqu-Log, da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz, da USP; e Daniel Furlan Amaral, economista-chefe da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais, a Abiove.

Além das 3 logísticas citadas pelo Presidente da Abralog, as participações dos executivos permearam aspectos como a redução do desperdício, do tempo de trânsito, dos custos logísticos, a melhora do nível de serviço, o desenvolvimento da infraestrutura e de seus modais, a tecnologia, sustentabilidade e a atenção especial ao treinamento das pessoas. Tudo isso em temas como digitalização, evolução tecnológica, e o novo Plano Nacional de Logística.

Quem viu, vale a pena rever; os que não puderam acompanhar aqui está a oportunidade. A apresentação fez parte da série Papo em Movimento, que foi aberta com o tema Gestão de Pessoas.



Deixe uma resposta