Simulador foi grande atração da 25º Intermodal

De porte avantajado e jeito de módulo espacial, o simulador de direção do Sest-Senat que a Abralog levou para seu stand na Intermodal foi uma das mais concorridas atrações da mostra.

Sest-Senat é a sigla do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, duas entidades que colaboram para o desenvolvimento do setor de transporte do País, atuando na formação e na qualificação de profissionais para o mercado, por meio de novas tecnologias, como por exemplo o simulador.

O presidente de Abralog, Pedro Francisco Moreira, que conheceu e testou o simulador, diz que o Sest e o Senat são fundamentais para a logística, já que temos de “capacitar de forma contínua aqueles que operam o transporte. E o Sest e o Senat fazem isso com maestria, todos os dias, por todo o País.”

O simulador – Para o Sest-Senat, a adoção de simuladores de direção em cursos voltados a motoristas de cargas e de passageiros, torna os condutores mais completos e contribui para uma direção segura e eficiente. Por extensão, propicia um trânsito menos violento e reduz os custos dos transportadores.

Localizados em Unidades Operacionais distribuídas por todo o Brasil, os 60 simuladores têm o objetivo de treinar um horizonte inicial de 50 mil motoristas, meta praticamente já atingida.

Utilizar simuladores na capacitação de profissionais habilitados possibilita criar situações que talvez o motorista não tenha passado, mesmo tendo bastante tempo de condução, e proporciona a vivência de inúmeras possibilidades que não seriam possíveis em um treinamento real. A proposta pedagógica dos cursos que utilizarão os simuladores permite acompanhar o desempenho e a evolução dos alunos em tempo real.

O projeto é essencial aos transportadores, já que, quando o motorista dirige de forma mais adequada, há economia de combustível, menos gastos com manutenção e redução de custos operacionais. Ainda está em consonância com a nossa responsabilidade socioambiental, uma vez que não contribui para a emissão de gases poluentes. Diante disso, estamos convictos de que mais estratégias pedagógicas só trarão ganhos ao trânsito brasileiro.



Deixe uma resposta