Simulefrete inclui função ‘last mile’ na governança de segmentos logísticos

Monitorar o desempenho das operações de transporte desde o Centro de Distribuição até o local de entrega da mercadoria (última milha), requer a inserção de diversos processos e combinação de parâmetros tecnológicos para um determinado modelo de negócio.

Diante desse cenário, a Simulefrete, plataforma voltada para a governança das operações de transporte, disponibiliza a função “last mile” que já faz parte do seu core business, ou seja, está pronta e completa para todos os segmentos da logística brasileira, quando a necessidade é a entrega e validação das mercadorias, seja no distribuidor ou no cliente final.

Hoje, no mercado como um todo, a função last mile é introduzida em uma determinada plataforma para atender uma demanda específica de uma marca.

Segundo o cofundador da Simulefrete, Sergio Sanchez, essa função last mile já faz parte do modelo padrão da plataforma e está integrada à gestão/governança do modelo de transporte. “O nosso módulo last mile já é completo e não precisa de desenvolvimento e customizações, pois, traz em seu DNA tecnologia avançada que facilita também o entendimento do usuário com base nas necessidades atuais da logística brasileira”, destaca ele.

Como funciona?
O transportador fornece as tabelas de preços para os seus embarcadores separadas por regiões/zonas de CEP e posteriormente é feita a validação e checagem dos valores de frete. Na sequência ocorre a parametrização das entregas por tipos de frete e região.

A plataforma permite o acompanhamento em tempo real durante o processo de distribuição, controle da quantidade do material que está em processo de entrega, valores das mercadorias, entregas realizadas e em andamento. Por fim, ocorre a confirmação das entregas realizadas no ponto para a comercialização ou até mesmo no consumidor final.

A funcionalidade permite a visão completa do frete desde o mais simples até o mais complexo. O transportador informa o embarcador todas as notas/entregas realizadas. A plataforma ainda oferece possibilidades de integração com os aplicativos das transportadoras para carga fracionada e lotação.

Governança do frete
Além de oferecer de forma inédita a função pronta para o last mile, a Simulefrete também inovou o mercado de logística quando disponibilizou a possibilidade na prática para o compartilhamento de cargas entre embarcadores.

Além destes diferenciais, oferece governança e gestão de fretes e possibilita o acesso ao panorama geral de todas as entregas, desempenho, faturamento e conciliação financeira em tempo real. Na prática, oferece desde a escolha do transportador, tipo de modal para cada operação ou mercadoria e acompanhamento do pedido em tempo real, até a entrega, status de toda a operação, se as entregas estão dentro do prazo, avaliação de desempenho do transportador, sem a necessidade de esperar finalizar o mês.



Deixe uma resposta