Tegma aumenta o lucro líquido com apoio operacional Alcis

Em novembro de 2018, a Tegma implantou o Gestão de Pátio Alcis na operação de veículo zero no pátio de Gravataí/RS. Este ano já iniciou a implantação nos seus demais pátios, como nos de São Bernardo do Campo/SP. Esse sistema, web-based e mobile tem como objetivo fazer toda a gestão dos pátios, estoques de veículos e mão de obra, permitindo a integração entre o cliente e o operador logístico.

O lucro líquido da Tegma cresceu 90,2% no primeiro trimestre de 2019, a R$ 26,6 milhões, em razão principalmente de melhoria operacional, informou a empresa em um comunicado no dia 3 de maio.

A receita líquida cresceu 13,2% no início do ano, para R$ 296,7 milhões, como reflexo da melhora da distância média, da relativa estabilidade da quantidade de veículos transportados e do aumento expressivo de outros serviços na divisão de logística de veículos, principalmente gestão de pátio.

A quantidade de veículos transportados foi de 179,3 mil, 1,2% superior versus o ano anterior, refletindo em 26% de market share ou um ganho de 1,3 ponto percentual na passagem anual.

O Ebitda do período foi de R$ 56 milhões, avanço de 90,2%.

Para efeitos comparativos, se desconsiderado os impactos do IFRS16, foi de R$ 46,3 milhões, 57,3% superior ao do mesmo período do ano anterior, influenciado pelos melhores resultados operacionais de ambas divisões (Divisão logística de veículos e Divisão de logística automotiva).

O fluxo de caixa livre chegou a R$ 46,3 milhões, impactado positivamente por melhores resultados operacionais e pelo IFRS 16, mas negativamente por um maior investimento (capex) e um maior ciclo de caixa.



Deixe uma resposta