quarta-feira, 22/05/2024

ASSOCIE-SE

Grupo Emtel fatura R$ 300 milhões em 2023

O Grupo Emtel, especializado em locação de frota, logística e transporte, com 10 unidades próprias localizadas nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste, acaba de completar 31 anos de história, com consolidação da sua expertise nos setores de energia, saneamento e telecomunicações. O faturamento bruto da empresa em 2023 ultrapassou a marca de R$300 milhões, um aumento de 25,61% em relação a 2022.

Com relação a performance operacional e sua geração de caixa, o Grupo Emtel fechou com Ebitda recorde (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) com crescimento de 16,66% referente a 2023 na comparação com o ano anterior, mesmo após um ano de diversificação e ampliação da sua atuação no setor de logística.

Segundo o CEO, Luciano Miranda, a companhia que possui atuação nacional, mira novos horizontes, principalmente nos setores do agronegócio, construção e infraestrutura. “Para manter este forte ritmo de crescimento, o nosso plano de expansão deve ultrapassar R$500 milhões nos próximos 4 anos, sendo que somente em 2024 deveremos investir R$ 150 milhões em nossas operações”.

Com mais de 700 funcionários diretos e centenas de indiretos, principalmente motoristas autônomos, o grupo Emtel atende grandes empresas brasileiras, como a Cemig, Light, Correios e Telemont, que já adotaram modelos modernos de transporte e logística além da terceirização e gestão de frotas.

O grupo atua também em Contagem (MG), onde é responsável pelas operações de logísticas de uma companhia energética e outra da indústria de linha Amarela. Em Fortaleza (CE), a Emtel cuida da logística de armazenagem de outra empresa do setor elétrico e, no Rio de Janeiro, é responsável pela logística de mais companhia da área elétrica. Também possui operações locação de frotas para grandes clientes espalhados por todo o território nacional.

Divisões de negócios

A divisão de locação de frotas é responsável por 43% dos negócios. A sua função é implementar motocicletas, automóveis, caminhões, máquinas e equipamentos de acordo com a necessidade de cada operação. Segundo Miranda, esse modelo aumentou significativamente durante a pandemia COVID-19, quando muitas empresas resolveram vender seus veículos próprios para fazer caixa no momento de crise. “A partir dessa mudança, muitas companhias resolveram apostar no serviço terceirizado, que pode render uma economia de até 30%”.

Já o setor de logística e transporte corresponde a 39% da operação do grupo, que envolve logística reversa e direta: recepção, armazenagem, controle de estoque, carga e descarga, expedição e transporte, com centros de distribuição localizados em locais estratégicos para uma operação nacional e completa para segmentos diversos.

A comercialização de veículos seminovos tem 18% do negócio. O Grupo Emtel possui duas lojas multimarcas localizadas em Belo Horizonte e Contagem (MG) especializadas na venda de veículos nacionais e importados.

O CEO Luciano Miranda também destaca a sustentabilidade financeira como importante diferencial e que traz segurança para os seus parceiros de negócio. Nos últimos 10 anos, o Grupo Emtel manteve crescimento superior à média do mercado com a conquista de dezenas de novos clientes. O grupo investe anualmente cerca de 2% do faturamento em novas tecnologias e capacitação de colaboradores.

Equilíbrio – pilares do ESG

O Grupo Emtel possui um comitê para desenvolver ações ESG (Environmental, Social and Governance). No quesito de governança, a companhia possui um conselho consultivo estabelecido, um acordo de acionistas, bem como um dispõe de um Código de ética e um Canal de Compliance.

Em relação à operação, optou por utilizar frota a diesel S10; uso de produto Arla nos filtros para inibir a emissão de poluentes; não trabalha com frotas antigas; uso de telemetria para monitorar a direção dos motoristas, reduzindo custos e a emissão de CO2, além de investimentos em frota elétrica. 

Luciano Miranda

Além disso, foi a primeira empresa a oficializar a compra de tokens da Abundance Brasil – ESG Tech, startup que deu início à pré-venda de criptoativos que irão permitir o reflorestamento de uma área degradada pela exploração da agropecuária em Cana Verde (MG), na região do Campo das Vertentes. A aquisição dos certificados digitais (emitidos na Blockchain) pela Emtel visa compensar a emissão de gás carbônico nas operações de clientes e da própria empresa. O grupo possui certificação em relação às normas NBR ISO 9001 (Qualidade) 14001 (Meio Ambiente) desde 2010 e 45001(Saúde e Segurança do trabalho).

Além disso, é signatário do Pacto Global da ONU aderiu a 3 iniciativas:  Movimento Net Zero, Movimento 100% Transparência e Movimento Elas Lideram. Desenvolve também o projeto Banho Solidário, que contou com a construção de dispositivo móvel equipado com ducha para banho quente e vaso sanitário. Essa ação já impactou mais de 1500 pessoas, em média 9 banhos por ação e foram quilos de roupas doadas e alimentos.

Para os seus colaboradores, incentiva a educação ambiental com o desenvolvimento de oficinas para reutilização das madeiras, campanhas ambientais, distribuição de Ecocopos e Ecobags com intuito de reduzir a poluição plástica.

O grupo

Em 1993, o Grupo Emtel surgiu em Belo Horizonte com os serviços de mudança residencial e entregas rápidas para construtoras. Com o passar dos anos, desenvolveu expertise em relação aos serviços de transporte, logística e locação de frotas. Hoje, a sede é localizada em Belo Horizonte, com 10 filiais localizadas nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Uberlândia, Juatuba, Mntes Claros, duas Contagem (MG), Salvador (BA), São Gonçalo do Amarante (CE) e Goiânia (GO).

O Grupo Emtel foi a primeira empresa a oficializar a compra de tokens da Abundance Brasil – ESG Tech, startup que deu início à pré-venda de criptoativos que irão permitir o reflorestamento de uma área degradada pela exploração da agropecuária em Cana Verde (MG), na região do Campo das Vertentes.

A aquisição dos certificados digitais (emitidos na Blockchain) pela Emtel visa compensar a emissão de gás carbônico nas operações de clientes e da própria empresa.

Fotos: Divulgação

Abralog faz bem para sua logística.

Matérias Relacionadas

Abralog nas Redes

Últimas Matérias