quarta-feira, 22/05/2024

ASSOCIE-SE

Comitê Farma volta debater RDC 430; desafio é a temperatura

A reunião de abril do Comitê de Logística Farmacêutica, conduzida por uma de nossas coordenadoras Leila Almeida voltou a discutir a RDC 430/2020 e os desafios que a resolução da Anvisa impuseram ao setor, principalmente em relação ao transporte de produtos que exigem controle de temperatura.

Foram convidados para participação cinco profissionais da área: Gylson Ribeiro, Vice-presidente Extraordinário para o Transporte de Produtos Farmacêuticos da NTC&Logistica; Juarez Miranda e Ana Carolina Coutinho, do B.Braun Group; Lúcio Vieira, da Sun Pharma; e Luiz Carlos Roque Júnior, do Instituto de Biologia Molecular do Paraná.

Lembrando que a resolução 430/2020 estabelece requisitos para boas práticas de distribuição, armazenagem e transporte de medicamentos, com foco na segurança e na qualidade da cadeia de abastecimento.

Ajustes

No momento, a indústria, transportadoras e os operadores logísticos estão na expectativa junto à Anvisa de adaptações que tornem a resolução viável e eficaz.


No encontro foram abordados também desafios do transporte aéreo, bem como a necessidade de formar profissionais com conhecimento em qualidade farmacêutica e logística.

A discussão revelou ainda que as empresas buscam soluções inovadoras para lidar com as exigências da RDC 430/2020 como a implementação de sistemas passivos e ativos de controle de temperatura e o uso de tecnologias para monitorar e garantir a integridade dos produtos durante o transporte.

Os participantes também concordaram com a importância de debater a norma e compartilhar experiências para encontrar soluções que sejam economicamente viáveis e atendam aos requisitos da Anvisa, garantindo a segurança e a qualidade dos medicamentos durante o transporte.

Foto: aleksandarlittlewolf / Freepik

Abralog faz bem para sua logística.

Matérias Relacionadas

Abralog nas Redes

Últimas Matérias